25 novembro 2008

produtividade versus maternidade

A Rititi desabafou bem o que realmente é óbvio e os cretinos e inúteis dos políticos e empresários (há excepções honrosas sempre, já sabemos) admitem na teoría e nunca implementam: não são as horas à frente de um pc, ou em infindas reuniões de pouca assertividade a repetir conversas e ideias, que são as mais produtivas

se não têm nada que fazer ao fim do dia, seja em casa ou noutro lugar qualquer, ou se até fazem de propósito porque não querem mesmo chegar a casa cedo (apre!) - problema vosso!
há quem tenha vida para além do trabalho (há ginásios, hobbies, actividades das crias, jogos e brincadeiras, apoio à familia em geral, compras, lavandaria, médicos, etc, etc)

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Como já escrevi algumas ezes lá no Rochedo, o Portugal Sentado é uma seca!

Álex disse...

é verdade, adoro essa sua expressao do "Portugal sentado" !!