31 agosto 2016

A arte de ensinar um jovem

a comportar-se na cozinha. 
Não é questão de aprender a ler primeiro a receita para depois saber como melhor escolher os tachos, malgas ou demais utensílios. Não é mostrar onde está a balança, o medidor, o "salazar", enfim...
É aquela regra de que quem começa uma tarefa acaba-a! 
Da mesma forma como uma taça de cereais suja, não tem perninhas para ir sozinha do lava-loiça para a máquina, os tachos também não. E quando já se lembra disto é preciso ainda ir ao detalhe de que também não se deixa para o seguinte - moi - o lava-loiça neste estado


e que há que ver se os utensílios ficaram bem lavados - brilham da gordura iacccc - e a Yämmi idem idem aspas aspas


De resto, diz que as almôndegas ficaram muito boas! Portanto, a continuar nos próximos episódios 

29 agosto 2016

Mais uma Segunda-feira




...sem dar por isso, optei pelo fácil, que era o que me estava a apetecer. Não estava com coragem para ir à aula de Pilates apesar de saber que era o melhor para mim desde todos os pontos de vista! Olhei para o relógio e vi que já não dava.
Hoje é segunda-feira. Mais uma má segunda.
Está tudo (bloggers) a chegar de 2 ou 3 semanas de férias. Carregadas de energia depois do descanso, do tempo relaxado e divertido em família e entre amigos. E eu tenho uma cruz sobre os ombros que fica mais pesada por não ter a paciência e generosidade que devia para os pais porque emocionalmente estou de rastos.
Mas a vida é assim, com estes altos e baixos. E não consigo enfrentar o aniversário do infante que por aí está a chegar porque não tenho energia para organizar a celebração que ele merece nem vontade de pôr a cara alegre que não tenho agora...
Precisava de um abraço
Amanhã será outro dia, com sorte, mais risonho

25 agosto 2016

Kissing a fool online ou Namoro a 3


um filme que não passou por cá, ou então passou totalmente desapercebido pois não deve valer muito...


mas que pelos vistos tem uma daquelas frases consideradas (sabe-se-lá por quem e com que critério...) famosas:

«Não se pode encontrar o amor onde ele não existe, nem é possível encondê-lo quando este é real - Max Abbitt»


24 agosto 2016

23 agosto 2016

gosto de reflectir sobre os pensamentos/experiências dos outros também


mais palavras sábias/interessantes da Sofia Castro Fernandes

escrever para não esquecer*

# dizer o que sentes será sempre um sinal de força [e de ter o coração no lugar certo].
# acreditar que para tudo há uma solução não é só optimismo, é fé.
# a esperança estará [sempre] onde a deixares entrar. confia.
# quem tem um sol dentro, não tem medo do escuro [de nenhum escuro da vida].
# quando quiseres pedir, pede coisas simples: que nunca te falte amor e [bons] amigos.
# é de batalhas que se vive a vida. tenta outra vez.
# há pessoas que te dão mais vida. escolhe bem as tuas.
# a tua intuição é a tua Mãe invisível: ouve-a. ela sabe [sempre].
# às vezes, és mesmo muito feliz e nem te dás conta. [não te distraias - nunca - de ti]


15 agosto 2016

Adrenunes



Lá ao fundo o Cabo da Roca e a Ursa (cheia de gente!)

Lá ao fundo a Praia das Maçãs

Lá ao fundo a Peninha






09 agosto 2016

Reflexões e análises

A cabeça não para. Não a minha. Dedicada e concentrada a por em dia o trabalho que aconteceu durante as férias. Hora do almoço e seguintes atarefada com apoio à mãe. Mas... mas mesmo assim vou pensando, analisando-me e... cheguei a uma conclusão bastante óbvia sobre todo este processo de descalabro. Não quero pensar muito porque me dá raiva e esse é um sentimento que não quero por perto. Quero e preciso paz , muita paz e sossego de espírito apesar dos pesares

08 agosto 2016

05 agosto 2016

Férias #5


Só no fim de 2007 tive uma dezena de dias como os desta semana: férias sem qualquer plano. Dias totalmente sujeitos ao capricho do momento.
Está-me a saber a pato!
Durmo de janela aberta com esta vista. Acordo com a primeira luz a Oeste, levanto-me, fecho as portadas e durmo um par de horas ou mais



Segunda volto ao trabalho



02 agosto 2016

Férias #4 corrida de toros









iPhotos de longe e com pouca qualidade para ver em grande e blá blá blá tudo o que quiserem argumentar os que são contra este espectáculo e tradição. Foi a segunda à portuguesa, embora mista, que vi e, eu gosto!

O jovem matador peruano Roca Rey de 19 anos foi muito bom, com coragem, estilo e atitude. Pena que não consigo por aqui os vídeos ... 
As 2 ultimas pegas dos grupos de forcados de Alcochete e de Montemor foram lindas! Grande espectáculo o destes jovens!!