08 março 2007

está quase na hora de ir buscar o D. e estou aqui a respirar fundo porque hoje foi um dia em cheio; estou também a recordar como comecei hoje o dia e não foi nada bem! o meu filho, que é um rapazito forte em argumentação e diría mesmo - contundente, teve esta manhã a falta de meias medidas de sempre e, perante a minha negativa ao seu capricho matinal de pedir o pequeno-almoço na minha cama (por onde apareceu por volta das 4 da matina disse-me dps o H.) respondeu, entre outras barbaridades mais, que o seu desejo era ser raptado para ir para outra familia !!!! agora até solto gargalhadas porque ele é mesmo assim ... forte, nem sei que termo utilizar. conseguí não lhe responder como outras vezes - vai andando, não esperes (é superior à minha paciência em certas alturas destas ter juízo, respondo logo no mesmo tom de asneira - eu sei, defeito meu) depois deve ter reconsiderado, já não recordo a sequência do chorrilho de disparates, e disse que ía esperar o pai chegar no sáb. para se despedir e fazia então as malas e ía-se embora. vou encher-me de sabedoria e paciência e vamos conversar esta noite os 2 vou propôr-lhe de novo que se irrite menos e tente conversar mais comigo porque assim não vai a lado nenhum... ai eu!

1 comentário:

amnésia disse...

Às vezes pergunto-me a onde vamos buscar paciência?